Programa Surf Sustentável como prática de Educação Ambiental Popular

Desde o seu lançamento no mês passado (18/06), na cidade de Ubatuba o programa Surf Sustentável vem sendo destaque em diversos veículos de comunicação e atraindo a atenção de agentes públicos, setor privado e da sociedade civil como um todo.

Na última semana a Ecosurfi apresentou o programa na cidade do Rio de Janeiro durante o VI Fórum Brasileiro de Educação Ambiental que aconteceu de 22 a 25, no campus Praia Vermelha da UFRJ no bairro da Urca.

Durante a Jornada temática que tratou de aprofundar experiências em Educação Ambiental Popular não Formal, o trabalho da Ecosurfi trouxe as vivências da organização enquanto entidade formada por surfistas, e que tem como missão o enraizamento de práticas educativas voltadas para o enfrentamento das mudanças socioambientais globais.

Pontuando o protagonismo dos surfistas como indivíduos com potencial qualidade e habilidade de se converterem em agentes de transformação socioambientais, foram expostos os quatro eixos de atuação do programa Surf Sustentável, são eles: Cultura Surf e Consumo, Surf e Gestão Costeira, Protagonismo dos Surfistas e Surf e Juventude pelo Meio Ambiente.

Desta forma foi possível exemplificar os desafios e como esses temas “fortes” se tornam necessários para aprofundar a discussão entre toda a comunidade do surf. Na oportunidade os educadores que estavam presentes na Jornada se mostraram impressionados com a qualidade do debate que está sendo construído junto aos surfistas e todos os seguimentos que de alguma forma se relacionam e interagem com a cultura surf.

"Não podemos mais falar de Surf sem falar de Meio Ambiente"
(ECOSURFI)

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO